Rinite alérgica infantil: causas, sintomas, prevenção e tratamento

Close Up Portrait Of Young Attractive Mother Kissing His Crying Baby. Kid Looking Aside With Frightened Face Expression. Family Concept. - InAResp

Base do conteúdo

A rinite alérgica infantil é uma inflamação crônica na nasofaringe que funciona como uma resposta a elementos aos quais o paciente é alérgico. ¹

Trata-se de uma doença extremamente comum¹, sendo que a maioria das pessoas afetadas pela doença apresenta sintomas antes dos 20 anos de idade, começando habitualmente ainda na infância¹.

Quem conhece alguém com rinite alérgica sabe: é um problema respiratório muito incômodo, especialmente porque os sintomas incluem nariz congestionado, coceira no nariz, olhos e garganta, espirros incessantes e congestão nasal. ¹ Se você ou algum conhecido sofrem com a rinite alérgica, provavelmente têm uma caixinha de lenços descartáveis, ou então sempre carregam um rolo de papel higiênico, lenços ou pequenas toalhas para conter os espirros, não é mesmo?

A situação das crianças que sofrem com a rinite alérgica infantil não é muito diferente disso, e quando inclui sintomas oculares (como a já mencionada coceira), pode ser chamada de rinoconjuntivite alérgica. ¹

Mas, quais os sintomas da rinite alérgica infantil? Como tratá-la? Que médico procurar? Essas e outras informações você encontrará ao longo deste texto!

O que é a rinite alérgica infantil?

  • Um problema respiratório muito comum, que acomete crianças, adolescentes e adultos. ¹
  • Existem vários gatilhos para a rinite alérgica, incluindo o pólen presente no ar, animais, ácaros, bolor e pó. ¹
  • A rinite alérgica pode ser classificada de acordo com a severidade da doença e periodicidade dos sintomas. ¹

De forma geral, é uma doença bastante incômoda, tratável com remédios e imunoterapia, que auxiliam no alívio dos sintomas e na prevenção da evolução da doença e de outros problemas relacionados, incluindo a asma. ¹

Quais os sintomas da rinite alérgica infantil? ¹

  • Obstrução nasal ¹
  • Espirros¹
  • Coceira no nariz¹
  • Coceira nos olhos¹
  • Coceira na garganta¹
  • Olhos lacrimejando¹
  • Nariz escorrendo.¹
  • Coceira no palato (“céu da boca”) ¹
  • Tosse.¹
  • Coceira no interior da orelha.¹
  • Ardor nos olhos.¹
  • Fadiga.¹
  • Irritabilidade mais elevada.¹

A rinite alérgica infantil pode apresentar sintomas que vão além dos já mencionados, e não necessariamente se restringem a crianças.¹ O problema respiratório pode gerar fadiga, déficit de memória, de atenção e dificuldade em aprender, além de depressão.¹

Outros problemas que podem ser causados ou agravados pela rinite alérgica, infantil ou não, são os transtornos do sono, como a apneia, dadas as dificuldades para respirar e alterações nas vias aéreas.¹

O que causa a rinite alérgica infantil?

Muitos fatores de risco podem causar a rinite alérgica infantil. Isso inclui o histórico familiar, no qual  pessoas que têm  familiares com quadros de doenças alérgicas tendem a apresentar a rinite alérgica ao longo da vida.¹ Isso também se aplica a bebês que nascem durante estações como a primavera, quando a quantidade de pólen no ar é consideravelmente maior.¹

Além disso, bebês do sexo masculino têm mais chances de desenvolverem a rinite alérgica¹, especialmente quando a criança é o primogênito.¹ O uso de antibióticos durante os primeiros meses de vida, o tabagismo da mãe durante e após a gravidez, além da exposição a elementos alergênicos também são causadores comuns da rinite alérgica infantil.¹

Que médico pode diagnosticar a rinite alérgica infantil?

Os pais podem levar os filhos ao médico após os mesmos apresentarem quaisquer sintomas de problemas respiratórios. Afinal, não é uma boa ideia esperar, mesmo que os pais suspeitem que seja apenas um episódio isolado, um resfriado ou uma gripe.

O pediatra responsável por atender a criança poderá solicitar exames para avaliar seu sistema respiratório ou recomendá-la diretamente aos cuidados de um otorrinolaringologista, cuja experiência e especialização serão diferenciais importantes para diagnosticar e tratar a rinite alérgica infantil.

Diagnosticar a rinite alérgica significa considerar os sintomas mais comuns, como o “pinga-pinga” do nariz, espirros, coceira no nariz, irritabilidade, além de sintomas oculares e respiratórios, como a dificuldade para respirar, ronco durante o sono, chiado ou barulhos incomuns na respiração, além de fadiga e os outros sintomas já apresentados.

Como tratar a rinite alérgica infantil?

O tratamento para rinite alérgica infantil não é tão diferente daquele recomendado aos adolescentes e adultos que sofrem do problema respiratório. Porém, é preciso ter atenção à dosagem dos medicamentos para evitar efeitos adversos.²

O médico responsável pode recomendar algumas ações preventivas, como a remoção de possíveis agentes alergênicos dos ambientes em que a criança frequenta, o que inclui pelos de animais, pólen e vários outros, como a retirada de tapetes, cortinas e bichos de pelúcia, que acumulam pó.

Entre os medicamentos comumente utilizados estão descongestionantes, anti-histamínicos, colírios (no caso de sintomas oculares) e corticosteroides entre outros dependendo da gravidade dos sintomas.²

Um teste de alergias pode ser realizado para compreender as possíveis causas da rinite alérgica infantil.³ Isso poderá nortear uma eventual imunoterapia ou outro tratamento preventivo.³

Para casos em que a criança precisará fazer inalação, o médico poderá, também, recomendar um nebulizador ou inalador4. Não é preciso se limitar ao uso do nebulizador em casa, visto que existem opções portáteis no mercado, como é o caso do InAResp.

Conheça o InAResp

O InAResp é uma e opção adequada para crianças, jovens, adultos e idosos. Trata-se de um nebulizador que, além de silencioso, é portátil. Para crianças, você deve buscar portabilidade e funcionamento silencioso para garantir um tratamento mais tranquilo, prático e ágil, seja em casa, no carro ou em qualquer outro local. 5

Onde comprar o InAResp

O InAResp está disponível para compras em farmácias por todo o Brasil. Se você não o encontrar na sua farmácia de confiança, pode solicitar ao farmacêutico para adquiri-lo e disponibilizá-lo a você!

Se preferir, você também pode adquirir seu InAResp pela internet.

Gostou? Aproveite para ler também:

Como identificar uma crise de sinusite em seu bebê?

Bronquite em bebês e crianças: causas, sintomas, prevenção e tratamento

Asma em bebês – tudo o que você precisa saber

Referências

1. Schuler IV C, Montejo J. Allergic Rhinitis in Children and Adolescents. Pediatric Clinics of North America. 2019;66(5):981-993.

2. Turner P, Kemp A. Allergic rhinitis in children. Journal of Paediatrics and Child Health. 2010;48(4):302-310.

3. Gale Onefile Health and Medicine [homepage na internet] Allergic rhinitis in children: diagnosis and management strategies. Disponível em: https://go.gale.com/ps/i.do?id=GALE%7CA199991002&sid=googleScholar&v=2.1&it=r&linkaccess=abs&issn=11745878&p=HRCA&sw=w&userGroupName=anon%7Ebb963f7f Acesso em: 19/11/2021

4. British Lung Foundation [homepage na internet] What is a nebulizer?  Disponível em: https://www.blf.org.uk/support-for-you/nebulisers/what-is-it Acesso em 28/08/2021

5. Abbott Laboratórios. Inaresp: nebulizador com rede vibratória: manual de instruções, 2019

INARESP

Nebulizador

Reg. Anvisa: 80146509050

Abbott Center | Central de Relacionamento com o Cliente 0800 703 1050 | abbottcenter@abbott.com

Material destinado ao público geral.

Dezembro/2021 – BRZ2217206

Compartilhe!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email