Nebulização: porque fazer e quais os benefícios

Inaresp - InAResp

Base do conteúdo

Você já ouviu falar na nebulização? Este é um procedimento utilizado no tratamento de doenças respiratórias variadas.

Alguns períodos do ano, como o inverno e temporadas mais frias, apresentam alta incidência em doenças respiratórias devido às baixas temperaturas e clima seco. Por isso, é importante observar ocorrências e saber tratá-las de acordo com a sua gravidade.

A nebulização é um procedimento importante no tratamento de doenças respiratórias, mas ainda gera muitas dúvidas na população, tanto sobre o processo em si quanto sobre os nebulizadores utilizados, dadas suas variedades.

O blog do InAResp te ensinará o que é nebulização e como fazê-la corretamente, além de explicar outras informações igualmente importantes, que guiarão sua busca pelo nebulizador ideal, a importância da opinião médica e muito mais.

Hoje você saberá:

  • O que é nebulização?
  • Quem precisa fazer nebulização?
  • Existe diferença entre nebulização e Inalação?
  • Que tipos de medicamentos podem ser nebulizados?
  • Como fazer a nebulização corretamente?
  • Benefícios da nebulização
  • Quais são os tipos de nebulizador e como funcionam?
  • O nebulizador requer prescrição médica?
  • Nebulizador de Malha Vibratória – InAResp
  • Onde comprar o InAResp?

Fique bem confortável na sua cadeira, pegue um copo d’água e mantenha-se hidratado. A leitura levará, em média, 5 minutos!

O que é Nebulização?

A nebulização é o procedimento terapêutico, cuja função é desentupir as vias aéreas e aliviar os sintomas de doenças do sistema respiratório, levando partículas de remédios e soro fisiológico até os pulmões do paciente.1

Conforme o paciente fica doente, as vias respiratórias podem ficar obstruídas pelo muco, o que dificulta a passagem de ar e pode gerar complicações, como acontece em inflamações que atingem o trato respiratório inferior em decorrência de doenças como asma e bronquite, por exemplo.

Durante a nebulização, o paciente inspira o vapor gerado pelo nebulizador, que contém medicamentos. As partículas passam pelas vias aéreas e as desobstrui, promovendo uma ação mais rápida que a oferecida pela ingestão de medicamentos via oral¹.

Existe diferença entre nebulização e inalação?

Essa é uma pergunta muito comum, que também se aplica à diferença entre inalador e nebulizador.

A inalação é um termo mais popular que a nebulização, mas não há diferença prática.

Tanto o nebulizador quanto o inalador são utilizados para levar medicamentos para os pulmões. De maneira geral, eles transformam um remédio líquido em vapor para serem inalados e chegarem aos pulmões.2

O nebulizador é um aparelho elétrico ou movido a bateria. O medicamento é colocado em um compartimento que parece um copo, que é conectado a um motor por meio de um tubo. O bocal ou uma máscara facial são então anexados ao copo. Quando o motor se liga, ele envia um vapor para a máscara e então a pessoa respira esse vapor.3

O nebulizador também é comumente chamado de inalador, sendo este último, o termo mais amplamente utilizado. Ou seja, de maneira geral, não existem diferenças entre eles.

Que doenças podem ser tratadas com a nebulização?

A nebulização pode ser recomendada pelo médico para tratamentos (com a adição de medicamentos como corticoides e antibióticos) em doenças como asma, bronquite, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e fibrose cística, ou para alívio de quadros associados a doenças respiratórias (gripes, resfriados, sinusites, rinites) e fluidificação de secreções nas vias aéreas (utilizando apenas soro fisiológico).1,4

A nebulização também pode ser recomendada para o tratamento de infecções, piora em sintomas de problemas respiratórios existentes e tratamentos de emergências respiratórias. 1,4

Que tipos de medicamentos podem ser nebulizados?

A administração de medicamentos através da nebulização normalmente inclui soro fisiológico, corticoides e soluções broncodilatadoras, mas também pode incluir o uso de antibióticos, a depender da doença respiratória a ser tratada e da orientação do médico responsável pelo seu caso. 1,3,4

Como fazer a Nebulização corretamente?

É bem simples, na verdade. Basta inserir o medicamento prescrito ou recomendado pelo médico responsável pelo seu caso no local indicado do seu aparelho. Trata-se de uma espécie de copo acoplado sob a máscara. Este copo pode ser conectado a uma máquina, que compõe o nebulizador, ou somente à máscara, como é o caso de nebulizadores portáteis, assim como o InAResp.5

Com o aparelho ligado e o medicamento inserido, basta que o paciente respire normalmente com a máscara rente à face.5 No caso de crianças, sugerimos que os responsáveis optem por nebulizadores silenciosos, já que os pequenos tendem a se assustar facilmente com ruídos, muito comuns em aparelhos maiores e mais antigos.

Benefícios da Nebulização

A nebulização traz vários benefícios para o paciente, independentemente da faixa etária. Conheça alguns deles e entenda por que é importante ter sempre um nebulizador portátil e silencioso à sua disposição.

Rápida absorção de medicamentos

Os nebulizadores entregam as partículas de medicamentos diretamente nas suas vias aéreas, que as levam ao pulmão. Com isso, os efeitos podem ser sentidos em poucos minutos, diferentemente de medicamentos ingeridos via oral, que demoram mais para serem absorvidos pelo organismo.1

Alívio da falta de ar

Um médico poderá indicar os medicamentos para a realização da nebulização. Pessoas que sofrem com falta de ar poderão receber a ação broncodilatadora dos remédios, o que leva ao alívio rápido da falta de ar.1

Pode prevenir sintomas e doenças respiratórias mais graves

A nebulização mantém as vias aéreas limpas, reduzindo o acúmulo de muco e a inflamação dos pulmões e do trato respiratório como um todo. Isso evita que as doenças respiratórias que você já possui evoluam para casos mais graves.1

É fácil de realizar

A nebulização é muito fácil de fazer. Basta seguir as recomendações do manual do seu nebulizador e utilizar apenas os medicamentos recomendados ou prescritos pelo seu médico de confiança.1

Para todas as idades

Mesmo crianças e idosos podem realizar a nebulização. Basta consultar um médico para receber um diagnóstico do problema respiratório que incide sobre o paciente e ter uma prescrição ou recomendação de remédios a serem utilizados.1

Para estes casos, especialmente, o nebulizador portátil InAResp pode ser o ideal, pois além de portátil, é silencioso. Nebulizadores portáteis podem ser usados por qualquer pessoa, independentemente da idade.

Efeitos Colaterais da Nebulização

A nebulização pode ter alguns efeitos colaterais, dependendo do organismo e dos medicamentos utilizados.6

  • Tremedeira
  • Dor no peito
  • Batimentos irregulares e taquicardia
  • Nervosismo

Porém, os sintomas não devem ser persistentes. Se forem, é importante consultar um médico e explicar a situação.

Quais são os tipos de Nebulizador e como funcionam?

Você já sabe o que é nebulização e como fazê-la corretamente. Agora precisa conhecer os tipos mais comuns de nebulizador.4

Nebulizador por ar comprimido7

É um Nebulizador que usa ar comprimido, como o nome sugere, para vaporizar o medicamento utilizado e levá-lo às vias aéreas do paciente.

Nebulizador ultrassônico7

O nebulizador ultrassônico, por sua vez, usa vibrações de alta frequência, gerando partículas menores que as do nebulizador por ar comprimido, tratando melhor os problemas respiratórios do trato superior.

Este tipo de nebulizador é contraindicado para a nebulização de suspensões, como corticosteroides, soluções viscosas, certos antibióticos e quaisquer fármacos que possam sofrer aquecimento e sua consequente inativação.

Nebulizador de Malha Vibratória7

Este é o modelo do InAResp. O líquido passa por uma malha minúscula para ser vaporizado, o que permite que ele gere as menores partículas, que podem ser melhor absorvidas para tratamentos de doenças do trato respiratório inferior.

A escolha do nebulizador mais adequado depende, então8:

  • Dos sintomas apresentados;
  • Da natureza do problema respiratório diagnosticado;
  • Da medicação receitada;
  • Da orientação do seu médico;
  • Da faixa etária do paciente.

O nebulizador requer prescrição médica?

A aquisição do nebulizador não requer prescrição médica. Entretanto, não é recomendado administrar remédios sem a indicação de um profissional da saúde. Alguns medicamentos, como o caso de antibióticos, precisam de uma receita médica para serem adquiridos, e se o caso do paciente necessitar de tratamento com um antibiótico, a consulta se torna ainda mais imprescindível.

O que é o Nebulizador de Malha Vibratória – InAResp?

Quando falamos de problemas no trato respiratório inferior, precisamos entender o seguinte: quanto menores as partículas, maior a capacidade do organismo de absorvê-las, já que elas fluem melhor por essa região do pulmão. 9

O medicamento precisa ser quebrado nas menores partículas possíveis. Para isso, o remédio passa através de uma malha vibratória minúscula, que através das vibrações, o transforma em vapor. Assim, o paciente pode inalar as menores partículas e sentir os efeitos mais rapidamente e de forma mais eficiente.9

Além disso, vale citar que o nebulizador de malha vibratória é silencioso, portátil e não necessita de uma fonte de ar comprimido.9

Características e Vantagens do InAResp

Você pode comprar o nebulizador de Malha Vibratória InAResp em uma farmácia de confiança.

  • Nebulizador portátil via pilha.
  • Facilita a administração de medicamentos inalatórios.
  • Possui sistema de nebulização silencioso.
  • Proporciona conforto e praticidade.
  • Pode ser utilizado por adultos e crianças.

O InAResp é um nebulizador portátil que conta com alta tecnologia capaz de vaporizar a medicação em um tamanho de partícula que otimiza sua absorção, facilitando a penetração profunda nos pulmões. Seu uso oferece um tratamento respiratório de maior eficiência, com conforto e praticidade.10

Com funcionamento exclusivamente via pilhas, o sistema de nebulização ocorre de forma silenciosa.Seu design compacto e leve possui tecnologia One Touch Clear™, sendo fácil de desmontar e limpar, permitindo que as peças do InAResp possam ser lavadas em água corrente, com exceção do aparelho principal.10

Como usar o Nebulizador Portátil InAResp?

Conecte a unidade principal ao reservatório de medicação e, em seguida, à máscara.

Coloque a medicação no reservatório e verifique se o acessório está bem conectado.

Aperte o botão para ligar o aparelho e proceder com a nebulização.10

Leia Também

Este post ajudou você? Então, leia também:

O que é nebulização e como fazer corretamente ?

Referências

1 – Chinese College of Emergency Physicians (CCEP); Emergency Committee of PLA; Beijing Society for Emergency Medicine; Chinese Emergency Medicine. Expert consensus on nebulization therapy in pre-hospital and in-hospital emergency care. Ann Transl Med. 2019;7(18):487.

2 – Araújo, L. M. P. d. (2019). Caracterização das gotículas respiráveis geradas por nebulizadores utilizando técnica de incidência laminar direta (ILD). Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

3 – Serviço Público Federal Conselho Regional de Farmácia do Rio Grande do Sul. DISPOSITIVOS INALATÓRIOS – orientações sobre utilização. Material elaborado em 13/05/2019. Disponível em: https://media.crfrs.org.br/portal/pdf/2019-04-Usodedispositivosinalatorios.pdf. Acesso em Setembro/2021

4 – British Lung Foundation [homepage na internet] Who can benefit from a nebuliser?

Disponivel em: https://www.blf.org.uk/support-for-you/nebulisers/who-can-benefit. Acesso em Setembro/2021

5 – MedlinePlus. How to use a nebulizer. Disponível em: https://medlineplus.gov/ency/patientinstructions/000006.htm. Acesso em Setembro/2021

6 – NHS. Side effects. Bronchodilators. Disponível em: https://www.nhs.uk/conditions/bronchodilators/side-effects/. Acesso em Setembro/2021

7 – Ari A. Jet, ultrasonic, and mesh nebulizers: an evaluation of nebulizers for better clinical outcomes. Eurasian J Pulmonol. 2014;16:1–7.

8 – Ari A, Fink JB. Guidelines for aerosol devices in infants, children and adults: which to choose, why and how to achieve effective aerosol therapy. Expert Rev Respir Med. 2011 Aug;5(4):561-72.

9 – Pritchard JN, Hatley RH, Denyer J, Hollen DV. Mesh nebulizers have become the first choice for new nebulized pharmaceutical drug developments. Ther Deliv. 2018 Feb;9(2):121-136.

10 – Abbott Laboratórios. Inaresp: nebulizador com rede vibratória: manual de instruções, 2019

Material destinado ao público geral.

Setembro/2021 – BRZ2207073

Compartilhe!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email